Testemunhos Viventes

 

24 - Palestrante Ironi e o Sopro do Espírito Santo

Era domingo, Dia dos Pais, e em Cachoeira Paulista - SP, acontecia o tão sonhado Encontro da RCC. Nesse mesmo domingo, ocorria em Nova Prata o oitavo Festival do Folclore e eu iria assistir a uma conferência a nível de qualificação profissional. Portanto, não podia faltá-lo. Não pude assistir à Canção Nova naquela hora. Fiquei chateada, mas tudo bem, pensei: o que é para mim, será. Jesus, agüarda a volta de meu compromisso!
Quando acabou a conferência, fui à casa de meus pais e ligamos a televisão no canal respectivo da Canção Nova. O Ironi já estava pregando. Na cozinha, eu, minhas duas filhas e meus pais ouvíamos atentamente. Em um certo momento, o Ironi pediu para que todos levantassem, inclusive os que estavam em casa. Obedecemos-no!
De repente, ele começou a fazer uma oração de cura e libertação invocando o Espírito Santo e disse:
• Receba agora o Espírito Santo e assoprou muito forte ao microfone. Imediatamente caí no Espírito. Meu pai nunca tinha visto, ficou preocupado, mas minhas filhas e a mãe explicaram o que era e ele ficou calmo.
Vou revelar algo a vocês, leitores amigos: Foi um repouso tão maravilhoso, tão maravilhoso que não tenho palavras para explicá-lo. Fico só pensando no poder de Deus. O Ironi, em São Paulo, e eu no Rio Grande do Sul e tudo aconteceu! Deus é onipotente sem sombras de dúvida. Aquele dia foi inesquecível! Foi uma experiência viva, com Jesus, com o céu!
Não dá mais para voltar atrás! Dizer que Deus não existe e voltar à vida velha! Eu não quero àquela, quero esta!

 
© Copyright | www.testemunhosviventes.com.br | 2008 - 2020 | Todos os direitos reservados